Patchwork Impala

Por Marih

Resumo resumido: roxo, metalizado, 2 camadas. Boa limpeza, cor fofa.
Extra: usei a famigerada cobertura brilhante Risqué technology, e sim, ela mudou bem a cor. Eu achei bom que ela tenha mudado, pois ela naturalmente fica mais metálica e menos roxa, além de ficar com irritantes marcas de pincel (triste triste), quando apliquei a cobertura as marcas de pincel sumiram e ela ficou menos metálica e mais roxa.

Olha, acho justo a Impala virar sponsor do blog pq né =P
Já vi resenhas rasgando a seda pra essa cor, e sim, ela é bem bonita de fato, MAS eu percebi uma coisa bem chata sobre ela (Ohh o-O): Marcas de pincel. Poizé, é um defeito quase generalizado de metalizados e perolados em geral, mas acho chato isso u_u e é justo informar quem lê (oi, mãe?) sobre defeitos que podem tirar sua felicidade, além de comprometer o acabamento das suas lindas unhas.

Além disso o brilho parece meio prateado e rouba um pouco da cor. Assim ó: tem um roxo da Ana Hickman cujo BRILHO é roxo também, ou seja, fica uma cor mais fiel à do frasco e mais “pura”. Esse da Impala é muito fofo, realmente, mas ficou um pouco roxo de menos em relação ao que eu esperava.

Bem, como dito no resumo, o extra brilho “consertou” a cor. Já vi muita gente falando que não gosta de usá-lo pq ele muda um pouco a cor. Acho assim: minhas unhas, minha estética (sdds humildade). Gosto mais de roxo do que de brilho então fim, mudou a cor mas eu gostei mais dela mudada mesmo.

Ficou bem certinho com duas camadas, limpeza legalzinha, e se seguir a regra de Impala a remoção vai ser tranquila também.

Parabéns pra Luísa =D que hoje faz 19 aninhos
E chupa, ABNT, eu coloco itálico e altero o tamanho da fonte quando eu quiser.

Fotos:

Toooda trabalhada do R do RGB pra tentar deixar a cor mais “quente”. De todas as fotos foi a que ficou mais fiel à cor.

Sdds foto sem flash. Eu percebi que colocando o flash mais forte a cor ficava menos zoada; de qualquer maneira, levem a foto de cima em consideração.

Comentário da Luísa: CLARO que eu gostei mais do Patchwork do que do apagado e problemático do Boop. É bem mais roxo e mais escândalo do que o dito cujo da Beauty Color. Eu ia comprar o Patchwork pra fazer um post comparativo dele com o Boop, mas a Marih me poupou desse trabalho. XD

P.S.: EU (Luísa) acho o Boop apagado e problemático porque não curto roxos e nem cintilantes (me julguem), e além de ter ficado com estampa de lençol depois de 8 horas de aplicação (achei isso o CÚMULO), o blogger tava de sacanagem comigo no dia e não consegui formatar a postagem como queria. É o esmalte do azar – já até dei de presente pra quem faria melhor uso dele que eu, né Jess? Mas não se baseiem (muito) no meu post… na minha opinião de não-curtidora-de-esmaltes-roxos-cintilantes, ele é uma caca. Mas se você gosta, deve servir!! Só aconselho usar um óleo secante milagroso, porque né… ¬¬’

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s